segunda-feira, 31 de maio de 2010

Brasil convoca embaixador de Israel para recriminar ataque, e pede, na ONU, fim do bloqueio a Gaza

O governo brasileiro reagiu energicamente contra o ataque israelense a uma frota de navios que levaria ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

O Itamaraty convocou nesta segunda-feira o embaixador de Israel em Brasília para manifestar sua indignação. O Ministério das Relações Exteriores emitiu a seguinte nota oficial:

"Com choque e consternação, o Governo brasileiro recebeu a notícia do ataque israelense a um dos barcos da flotilha que levava ajuda humanitária internacional à Faixa de Gaza, do qual resultou a morte de mais de uma dezena de pessoas, além de ferimentos em outros integrantes.

O Brasil condena, em termos veementes, a ação israelense, uma vez que não há justificativa para intervenção militar em comboio pacífico, de caráter estritamente humanitário. O fato é agravado por ter ocorrido, segundo as informações disponíveis, em águas internacionais. O Brasil considera que o incidente deva ser objeto de investigação independente, que esclareça plenamente os fatos à luz do Direito Humanitário e do Direito Internacional como um todo.

Os trágicos resultados da operação militar israelense denotam, uma vez mais, a necessidade de que seja levantado, imediatamente, o bloqueio imposto à Faixa de Gaza, com vistas a garantir a liberdade de locomoção de seus habitantes e o livre acesso de alimentos, remédios e bens de consumo àquela região.

Preocupa especialmente ao Governo brasileiro a notícia de que uma brasileira, Iara Lee, estava numa das embarcações que compunha a flotilha humanitária. O Ministro Celso Amorim, ao solidarizar-se com os familiares das vítimas do ataque, determinou que fossem tomadas providências imediatas para a localização da cidadã brasileira.

A Representante do Brasil junto à ONU foi instruída a apoiar a convocação de reunião extraordinária do Conselho de Segurança das Nações Unidas para discutir a operação militar israelense.

O Embaixador de Israel no Brasil está sendo chamado ao Itamaraty para que seja manifestada a indignação do Governo Brasileiro com o incidente e a preocupação com a situação da cidadã brasileira."

Brasil pede fim do bloqueio a Gaza na ONU

A representante brasileira na ONU, Maria Luiza Ribeiro, pediu nesta segunda-feira o fim do bloqueio israelense contra Gaza, por "violar o direito internacional".

"Não pode haver justificativa para um ataque militar contra um comboio de civis", afirmou Maria Luiza Ribeiro. O representante do México, Claude Heller, também tomou a palavra no debate para solicitar o levantamento do bloqueio.

A atuação do Itamaraty mostra que o Brasil continua em seu protagonismo, e abandonou a posição de omissão e de se orientar por posições vindas de Washington e da Europa.

As informações são das agências de notícias internacionais. A imprensa demo-tucana e vira-lata brasileira não deu destaque às posições do Itamaraty, ainda.

São Bernardo promove 1º Fórum da Juventude Sustentável

Publicação:31/5/2010

Kelly Santos - da redação

Na próxima terça-feira (1/6) a Coordenadoria de Ações para a Juventude (Cajuv) em parceria com a secretaria de Gestão Ambiental realizará o 1º Fórum da Juventude Sustentável, das 18h às 22h, O evento abre as atividades em comemoração ao mês do Meio Ambiente. A expectativa é de que mais de mil pessoas participem das atividades.
leia mais

Lula participa de encontro do Conselho Mundial de Trabalhadores na Volks

Por: * Karen Marchetti (karen@abcdmaior.com.br)

Evento será às 9h em São Bernardo na sede da Volkswagen

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva estará nesta terça-feira (01/06), às 9h em São Bernardo. O presidente participará do encontro de Conselho Mundial de Trabalhadores do Grupo Volkswagen.

Além do presidente Lula, metalúrgicos do Brasil, República Tcheca, Espanha, México, Argentina e Alemanha participaram do encontro. O diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Valdir Freire Dias o evento servirá para debater soluções de problemas incomuns

“Com a globalização da economia, muitos de nossos problemas passaram a ser comuns e exigem soluções compartilhadas por todos os companheiros de todas as plantas”, diz Valdir, conhecido como Chalita. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre, e demais diretores da Executiva participarão do evento.

* Com informações da assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

ConCidade

Que ótimo...
A participação dos Municipes no processo de inscrição para as eleições da Lei ConCidade.

06 representantes Entidades Profissionais e Acadêmicas
10 - Representantes Entidades Empresáriais
09 Representantes Entidades Ambientalistas
04 Representantes Sindicais
66 Representantes de Movimentos Populares.

Fiquem atentos, dia 13/julho/2010 é a data para as eleições.
Maiores Informações com Cecília
4348-1000 ramal 2162
4367-6424

sábado, 29 de maio de 2010

EXTRA! EXTRA! O SERRA JÁ TEM VICE

Mais um vice do Serra que "vai para as cucuias"

Delator do mensalão diz que presidente do DEM tinha “acerto” com Arruda

Durval Barbosa afirmou que Rodrigo Maia era beneficiado pelo esquema de corrupção no DF

Do R7, com Agência Estado

Durval Barbosa, delator do mensalão do DEM, afirmou que o presidente do partido, o deputado Rodrigo Maia (RJ), era um dos beneficiários do esquema de corrupção no Distrito Federal. Segundo Barbosa, Maia tinha um “acerto” com o ex-governador José Roberto Arruda, acusado de ser o chefe do esquema de corrupção no DF.

Rodrigo Maia, por meio de sua assessoria, disse que não iria comentar as acusações de Durval. O delator do mensalão do DEM foi secretário de Arruda no DF e divulgou vídeos que levaram à queda do governador.

Segundo Durval, a participação de Rodrigo Maia no esquema é uma das vertentes da nova fase das investigações do MPF (Ministério Público Federal), com quem tem um acordo de delação premiada.
leia mais

Mercadante defende regionalização do Orçamento

Por AI Hamilton Pereira
Sexta-feira, 28 de maio de 2010

Senador e pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Mercadante esteve em Salto, Sorocaba e Piedade


Em visita aos municípios de Salto, Piedade e Sorocaba, o senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Aloizio Mercadante (PT), defendeu a valorização do interior do estado através da regionalização do orçamento e investimentos em infraestrutura. Mercadante falou sobre a necessidade de criação da Região Metropolitana de Sorocaba, inclusão do aeroporto de Sorocaba na rota comercial e investimentos na linha férrea.

"Fazendo um balanço de 16 anos de PSDB no estado de São Paulo percebemos que problemas estruturais não foram resolvidos até hoje", criticou. "68% do PIB do estado estão concentrados nas regiões metropolitanas de Campinas, São Paulo e Baixada Santista, sendo que outros 440 municípios ficam com apenas 5% do PIB", completou. Mercadante afirmou também que metade desses 440 municípios está sofrendo com a redução demográfica e evasão da população jovem, que busca oportunidades nos grandes centros.
leia mais

Em Fórum Mundial, Lula prestigia Evo Morales e ironiza "inveja" de Serra

Em momento de descontração logo após a foto oficial de chefes de Estado no 3º Fórum Mundial da Aliança de Civilizações, no saguão do Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu abraçado ao boliviano Evo Morales e ironizou os ataques do tucano José Serra ao governo da Bolívia.

"Vamos posar aqui; vamos fazer inveja no Serra", disse Lula ao colega, rindo bastante, em frente aos fotógrafos. De mãos dadas como presidente do Brasil, Evo também riu, mas não comentou a declaração.
leia mais

São Bernardo lança Cartão Legal para integração tarifária no segundo semestre

Ana Carolina Martins - da redação

O prefeito de São Bernardo do Campo lançou nesta sexta-feira (28/5) o Cartão Legal, sistema semelhante ao Bilhete Único utilizado em São Paulo. A implantação do serviço é um dos principais compromissos de campanha assumidos pelo chefe do Executivo e faz parte do Plano de Transporte Urbano do município, que permitirá a integração tarifária na cidade entre as linhas municipais, prevista para o segundo semestre. O processo de cadastramento dos passageiros será realizado em etapas, a partir do dia 17 de junho, e a tarifa da passagem continuará a R$ 2,50.
leia mais

São Bernardo recebe 1º Encontro Cultural Árabe-Muçulmano a partir de segunda-feira

Cultura
Publicação:28/5/2010
Marcelo Dorador - da redação

Com o apoio da Prefeitura de São Bernardo, a cidade recebe, entre os dias 31 de maio e 9 de junho, o 1° Encontro Cultural Árabe-Muçulmano de São Bernardo do Campo, na Pinacoteca Municipal. O evento é organizado pelo Centro de Divulgação do Islam para América Latina (CDIAL), Conferência Islâmica e Junta de Divulgação para o Conhecimento do Islam, com a participação de diversas embaixadas e consulados de países árabes.
leia mais

Diap divulga lista dos 100 parlamentares mais influentes

A edição de Cabeças do Congresso 2010 mapeia as principais lideranças do Parlamento e indica os nomes que estão em ascensão na Câmara dos Deputados e Senado Federal

Entre os 100 “Cabeças” do Congresso, há 69 deputados e 31 senadores. Os dois partidos com maior número de parlamentares na elite são o PT, com 22 nomes, e o PMDB, detentor da maior bancada na Câmara dos Deputados e no Senado, com 17. Na terceira posição em número de parlamentares está o PSDB, com 14 nomes.
leia mais

Assembleia da Classe Trabalhadora

Escrito por CUT Nacional - 28/05/2010

Orientações gerais sobre o 1º de junho no estádio do Pacaembu, em São Paulo.


Agenda da Assembleia:

Manhã

6h - Concentração das delegações no Bolsão de Ônibus

Local: Rua Olavo Fontoura (próxima ao Anhembi, Sambódromo e Campo de Marte: acesso via Marginal Tietê, estará sinalizado)

8h - Abertura dos portões do Estádio Pacaembu para entrada dos(as) militantes

10h - Início da Assembleia

Tarde

16h - Encerramento (previsão)

Orientações práticas:

1) O “Kit CUT” (camiseta, boné e ingresso) será entregue ao coordenador de cada ônibus ou delegação, que será responsável pela distribuição aos respectivos militantes CUTistas, no Bolsão.

2) Os ônibus da CUT deverão estar identificados com uma bandeira da CUT, cartaz da Assembleia, indicação da cidade e estado na parte frontal.

3) Programar a chegada em São Paulo, no local de concentração (Bolsão de Ônibus), para 6 horas da manhã.

IMPORTANTE: fazer uma parada para lanche e uso de banheiros antes da chegada a São Paulo.

Não haverá banheiros fora do Estádio.

IMPORTANTE: no dia 31/5 (segunda-feira) há rodízio de veículos com placa 1 e 2 e, no dia 1º/6 (terça-feira) os finais 3 e 4. Além disso existe uma lei municipal que restringe a circulação de ônibus fretados na região do Estádio do Pacaembu. Por isso, os ônibus deverão, obrigatoriamente dirigir-se ao bolsão de ônibus (ver mapa).

IMPORTANTE: considerar, na montagem do itinerário, o congestionamento normal de São Paulo e orientar o motorista sobre os acessos, conforme mapa em anexo, para não se perder e evitar atrasos e para conhecerem previamente as vias de acesso.

4) Do Bolsão, os ônibus sairão em comboios organizados pelos agentes de trânsito em direção ao Estádio Pacaembu para desembarque dos militantes. Os ônibus retornarão ao bolsão. No fim do evento será repetido este procedimento para buscar os(as) militantes em frente ao Pacaembu

IMPORTANTE: para quem não vem com as delegações, não venha de carro, pois na região é muito difícil encontrar vaga para estacionar! Prefira usar o metrô e também utilize as linhas de ônibus que integram nas estações até o Estádio Pacaembu.

Na praça Charles Müller haverá a Tenda da CUT, para orientações.

6) Os portões do Estádio Pacaembu serão abertos rigorosamente às 8h da manhã.

A militância CUTista deverá entrar SOMENTE pelos PORTÕES nº 3, 9, 13, 17 e

PORTÃO PRINCIPAL.

IMPORTANTE: O portão de acesso para pessoas com deficiência é o PORTÃO PRINCIPAL.

7) A entrada no Estádio somente será feita mediante ingresso que será retido na catraca.

Não será permitida a entrada no Estádio sem ingresso.

8) Após passar a catraca será entregue a cada militante um crachá e um lanche.

IMPORTANTE: não será permitido retornar à arquibancada, caso a pessoa deixe o Estádio.

IMPORTANTE: na Arquibancada haverá a distribuição de materiais de visibilidade da CUT e de água (gratuitamente).

9) A militância CUTista se posicionará nas arquibancadas do Setor Geral, conforme definição entre as Centrais.

10) Algumas recomendações com objetivo de garantir o bem-estar dos(as) militantes:

a) evite vir com crianças e mulheres grávidas. Caso necessário, identifique-as com crachás, colocando nome completo, endereço e telefone.

b) utilize roupas leves, tênis ou sapatos confortáveis, lembrando que neste período é comum a ocorrência de temperaturas mais baixas na cidade de São Paulo.

c) traga sua capa de chuva.

d) usar protetor solar.

e) leve pouco dinheiro e um único documento de identidade.

f) leve celulares dentro de mochilas.

g) utilize a tenda da CUT como ponto de encontro e de referência, antes de entrar no Estádio e ao sair da Assembleia.

11) Companheiros(as) tragam suas bandeiras da CUT e sua garra para a luta!

Isso é José Serra. Após 3 anos, Butantan não faz vacina


28 de maio de 2010

Fábrica que custou R$ 70 milhões ainda não produziu nenhuma dose do medicamento contra a gripe comum

Em 2007, governo do Estado e Ministério da Saúde prometeram que a vacina começaria a ser produzida em 2008

Inaugurada três anos atrás, a fábrica de vacina contra a gripe comum do Instituto Butantan, em São Paulo, até hoje não produziu nenhuma dose.

O prédio e os equipamentos custaram R$ 70 milhões ao Ministério da Saúde -que promove a vacinação anual dos idosos- e ao governo de SP. O instituto é estadual.
A fábrica está parada porque o Butantan ainda não obteve as certificações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da Sanofi Pasteur, multinacional que detém a tecnologia de produção da droga.

Em abril de 2007, o então governador e hoje pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, e o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, organizaram uma solenidade para anunciar que a fábrica -a primeira na América Latina- estava pronta.
O governo paulista e o ministério prometeram que a vacina começaria a ser produzida em 2008.

Para o diretor do Butantan, Otávio Mercadante, a demora está dentro do prazo previsto.

A vacina usada no Brasil é importada. Em 1999, o governo brasileiro firmou um acordo com a Sanofi. O laboratório forneceria a vacina ao país com exclusividade por alguns anos e, em troca, transferiria a tecnologia de produção ao Butantan.

ATRASO

Atualmente, o Butantan recebe da Sanofi a vacina em estado bruto e a coloca nas ampolas para que o ministério as distribua pelo país.

Neste ano, porém, em razão de atrasos no Butantan, o Ministério da Saúde teve de realizar a campanha de vacinação dos idosos em duas fases -em parte do país, em abril; em outra, em maio.

Quando o Butantan produzir a vacina, o Brasil não precisará mais importar nenhuma dose e economizará R$ 100 milhões por ano. A fábrica também produzirá vacina contra a gripe suína.

Motivados pelo incêndio que há duas semanas destruiu parte do acervo de cobras do Butantan, deputados estaduais do PT colhem assinaturas para tentar abrir CPI que investigue o instituto.

"Fiquei surpreso ao saber que não produzem a vacina", disse o deputado Fausto Figueira (PT).

Lula salta para a primeira divisão da diplomacia mundial

29 de maio de 2010

Transpirando autoconfiança, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva está elevando o status global do seu país ao protagonizar um número cada vez maior de iniciativas na área de política internacional. Na mais recente dessas ações, ele convenceu o Irã a concordar com um polêmico acordo nuclear. Poderia este acordo proporcionar uma oportunidade para que sejam evitadas sanções e guerra?
leia mais

Finalmente PT consegue levar tucano para o banco dos réus

Ex-secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo em 2006,afirmou que PT estaria por trás dos atentados terroristas cometidos em 2006

Por maioria de votos, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou, nesta quinta-feira, 27, abertura de ação penal ao dar provimento a recurso de denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra Saulo de Castro Abreu Filho, ex-secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo em 2006.
leia mais

A casa tá caindo!!!


Tucanos estavam ontem, pela manhã, algo desanimados. Souberam que pesquisa do Vox Populi, encomendada por um partido, mostra Dilma cinco pontos à frente de Serra. -Notinha da Sonia Racy - publicada hoje no Estadão.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Ninguém quer o "abraço do afogado"!

Aécio enfrenta pressão e sepulta chapa puro-sangue com Serra

Isabella Souto - Estado de Minas
Ivan Satuf - Estado de Minas

Aécio Neves (PSDB) colocou um ponto final nas especulações para se tornar vice na chapa de José Serra à Presidência da República. Nesta quinta-feira, ao lado de Antonio Anastasia (PSDB) e Itamar Franco (PPS), no Palácio das Mangabeiras, em Belo Horizonte, o ex-governador confirmou que vai disputar uma vaga no Senado.

“A minha decisão não pode ser tomada a partir de opiniões pessoais, até mesmo de boas intenções de alguns companheiros. Elas são até legítimas, mas a minha decisão tem que ser tomada a partir de uma análise muito profunda que eu faço do cenário político”, disse Aécio.
leia mais

Voce votaria no candidato que acorda meio-dia e, portanto, seria presidente (toc,toc,toc) por "meio-período"?

Desenvolvimento sustentável é tema de 10ª Conferência Pesquisa & Ação Sindical

Discutir propostas de desenvolvimento para o movimento sindical a partir da visão dos trabalhadores e trabalhadoras. Esse é o grande objetivo da 10ª edição da Conferência Pesquisa & Ação Sindical, com o tema Modelos de Desenvolvimento - Rumo à Sustentabilidade. O evento ocorrerá nos dias 09 e 10 de junho de 2010 em SP, promovendo um debate de suma importância para a consolidação e disseminação de propostas vitais para o futuro do nosso país. A iniciativa é do Instituto Observatório Social (IOS), CUT e Friedrich Ebert Stiftung (FES), com o apoio da DGB Bildungswerk e da FNV Mondiaal.
leia mais

Brasil: Mortalidade infantil cai 61% em 20 anos

A taxa de mortalidade infantil caiu 61,7% entre 1990 e 2010 no país. Ela passou de 52,04 mortes por mil nascimentos para 19,88, em 2010. O dado é parte de um estudo divulgado recentemente pela revista médica “The Lancet”.

O Brasil subiu nove posições no ranking internacional e deve reduzir a mortalidade em dois terços até 2015.

Mercadante aposta em racha de aliados de Alckmin na disputa por SP e já pede debate

Maurício Savarese e Diogo Pinheiro do UOL Notícias - Em São Paulo

Pré-candidato do PT ao governo paulista, o senador Aloizio Mercadante quer rachar o PMDB e o PTB no maior colégio eleitoral do país para minar a base de seu adversário tucano, Geraldo Alckmin, favorito para vencer no primeiro turno, de acordo com as pesquisas de intenção de voto. Como atrair apoio em partidos aliados do ex-governador pode não bastar, ele quer debater com o rival o quanto antes.
leia mais

Rodoanel provoca perda de15 hectares de Mata Atlântica em São Bernardo

Por: Renan Fonseca (renan@abcdmaior.com.br)

Desmatamento foi causado pelas obras do Rodoanel, de acordo com secretário de Meio Ambiente

A Mata Atlântica foi desmatada em 15 hectares (mais de 150 mil m²) no território de São Bernardo. As demais cidade da Região que têm mata não apresentaram perda superior a 3 hectares, que equivale à média de crescimento urbano. A conclusão é do Instituto SOS Mata Atlântica, que divulgou nesta quarta-feira (26/05) o "Atlas de Remanescentes Florestais", referente ao triênio 2008/2010.

Em todo o Estado, o levantamento realizado em parceria com o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) apontou recuo no desmatamento da fauna e flora atlânticas, que ocupam 1.300.000 km2, ou seja, 15% do território brasileiro. O relatório foi divulgado um dia antes do Dia da Mata Atlântica.

Mesmo sem a ação do desmatamento, o relatório da ONG (organização não governamental) aponta que a porcentagem de remanescentes da Mata Atlântica é pequena na Região. Em algumas cidades restam menos de 10% da vegetação nativa.

É o caso de Mauá. Inicialmente inserida em uma área de 422 hectares de área verde nativa, restam apenas 7%. A realidade em Diadema é mais alarmante. A cidade tinha 65,52 hectares, restando atualmente 2%. Santo André e São Bernardo, ambas com grandes áreas de Mata Atlântica, conservam, respectivamente, 36% e 43%.

“Na Região Metropolitana de São Paulo, o desmatamento está em queda”, disse uma das coordenadoras do levantamento, Márcia Hirota. A especialista argumentou que a redução do desmatamento é visível em todo o Estado. “Contudo, algumas regiões apresentaram dados preocupantes, como o Vale do Ribeira, que agrega a maior área de Mata Atlântica do País”, informou.

Até o final do ano, a SOS Mata Atlântica vai divulgar as causas do recuo da área verde em todas as cidades contidas na amostragem. “Nossos esforços são para que nos próximos anos o desmatamento chegue a zero”, pontuou a coordenadora.

Márcia disse que o desmatamento visto em São Bernardo está dentro da média nacional. “É preciso levantarmos as causas. A Lei da Mata Atlântica permite o desmatamento apenas para finalidades de bem comum”, afirmou .

Na visão do secretário de Meio Ambiente do município, Gilberto Marson, as obras do Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas provocaram a perdas na área verde. “A culpa é do governo do Estado, que vai ter de reparar todo o desmatamento através de compensações ambientais”, criticou o gestor.

Erradicação do Trabalho Escravo

Escrito por Isaías Dalle e William Pedreira - 25/05/2010

Entidades sindicais, governo e empresários realizam Encontro Nacional para aperfeiçoar combate à escravidão

Apesar dos avanços conquistados nos últimos anos no combate ao trabalho escravo, esta prática medieval ainda persiste no Brasil e em importantes setores econômicos. Desde o início das operações do grupo móvel de fiscalização do governo federal, em 1995, mais de 36 mil trabalhadores foram libertados dessa condição em todo o país. Porém, nesse período, o combate foi marcado por dois momentos: de 95 até 2002, 5,9 mil pessoas foram libertadas. A partir de 2003 até as últimas estatísticas, mais de 30 mil libertações. O movimento sindical e popular, historicamente, resiste de diversas formas ao trabalho escravo.
leia mais

Capacete na cabeça e panfleto na mão

Escrito por Leonardo Severo - CUT - 26/05/2010

Direção da Conticom/CUT mobiliza para Assembleia da Classe Trabalhadora no Pacaembu


Reunida nesta terça-feira (25) em São Paulo, a direção da Conticom/CUT (Confederação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores nas Indústrias da Construção e da Madeira) fez um balanço das mobilizações para a Assembleia da Conferência Nacional da Classe Trabalhadora, convocada pelas centrais sindicais para o próximo dia 1º de junho no Pacaembu.

Além de visual próprio, como capacetes para destacar a presença operária no evento, a entidade vai levar faixas com ênfase na redução da jornada e no combate aos acidentes de trabalho, que lesionam, mutilam e matam milhares de trabalhadores da categoria.

Na avaliação do novo presidente da Conticom/CUT, Vilmar Kanzler, dirigente sindical no importante pólo moveleiro de São Bento do Sul, em Santa Catarina, a participação neste momento histórico é essencial, já que o setor é um dos que mais tem sido beneficiados em termos salariais e de emprego.
leia mais

Perdidaço !

Serra vai jogar a toalha ?

Possível reviravolta na sucessão. Serra seria candidato à reeeleição em São Paulo, a presidência ficaria entre Dilma e Marina. Depende das pesquisas

Helio Fernandes

Na tumultuada disputa em que o candidato Serra depende de Aécio, e a candidata Dilma, inteiramente subjugada a Lula, (o poder da máquina e a transferência de votos, que sempre existiu na História do Brasil) está surgindo uma possibilidade que tem muito para se transformar em realidade.

Pela segunda vez candidato a presidente, Serra perdeu a primeira, agora, na segunda, ele mesmo constata que se desencontrou e se desencaminhou no roteiro para chegar ao Planalto-Alvorada. Como não faz nada sem estar “garantido” pelas avaliações dos institutos de pesquisa, se prepara e pede a amigos que examinem um novo roteiro, já que o outro não está sendo bem avaliado pelos “leitores”, ou seja, o cidadão-contribuinte-eleitor que votará em 3 de outubro.
leia mais

Tá mais perdido...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Ele é o "pedágio"

Pedagiotagem

Serra e o lastro

Pesquisa "DataSerra"

Encontro com Marta Suplicy em Suzano

Pré-candidata ao Senado participa de palestra “O diálogo da economia do Alto Tietê e os avanços do Brasil”

Por Imprensa PT-SP - Terça-feira, 25 de maio de 2010

A convite dos mandatos do deputado estadual José Candido e do prefeito de Suzano, Marcelo Candido, a ex-ministra do turismo Marta Suplicy estará na cidade nesta quinta-feira, dia 27 de maio.

O primeiro compromisso de Marta é um Encontro com Atores Sociais, onde ela estará ministrando a palestra “O diálogo da economia do Alto Tietê e os avanços do Brasil”.

O encontro acontece a partir das 9h30, na Associação Comercial e Empresarial de Suzano, R. Pres. Rodrigues Alves, 157 – Centro.

Logo após será promovido um almoço com a militância e Marta Suplicy, a partir das 12h, na Pizzaria San Remo, R. General Francisco Glicério, 1629. O valor do convite é R$ 14 por pessoa.

Confira a agenda de Mercadante

QUINTA – 27 DE MAIO

SALTO:

09h00 - Visita ao Gabinete do Prefeito Geraldo Garcia (PDT)
Local: Rua 9 de julho, 1.053 – Centro

Encontro c/ militantes e lideranças políticas, na Associação Comercial de Salto
Local: Rua 9 de julho, 403 – Centro


SOROCABA:
12h00 – - Entrevista Coletiva e Visita à Câmara Municipal de Sorocaba
Local: Av. Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 2.945 – ao lado da Prefeitura – Alto da Boa Vista

13h00 – Almoço
Local: Restaurante Santa Victoria – Av. São Paulo, 3.445 – Sorocaba

PIEDADE
16h00 - Visita ao Pref. Geremias (PT) e vereadores na Câmara Municipal
- Após reunião com o prefeito, encontro com a militância local na própria Câmara
Local: Câmara Munic. - Praça Coronel João Rosa, 26 – Centro

VOTORANTIM:

19h30 – Plenária:
Local: Hotel Salimas - Shopping Panorâmico – Rodovia Raposo Tavares, km 99,5 – Votorantim

SEXTA – 28 DE MAIO

ASSIS:

09h00 – Encontro c/ Prefeito e lideranças – e Coletiva de Imprensa
Local: Sind. dos Ferroviários – Travessa Mauá, s/n – atrás da Honda

10h00 – Café c/ lideranças locais e regionais, no mesmo local

MARÍLIA:
12h00 – Coletiva de imprensa e Visita Gabinete do Prefeito
Local: Prefeitura - Rua Bahia, 40 – Marília

13h30 – Almoço c/ lideranças
Local: AABB – Assoc. Banco do Brasil – Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 1.000

SÃO PAULO:
19h00 – Comemoração 87 anos do Sindicato dos Bancários – e posse da nova Pres. Juvandia Moreira
Local: Quadra dos Bancários – Rua Tabatinguera, 192 – Sé

Chama o Aécio

Dilminha subindo

Voce acredita?

Ó PATRIA AMADA! (lindo)

Vice do Serra? Nem a pau !

Pesquisa do tucano

A decisão de Aécio Neves (PSDB-MG) de não ser o vice de José Serra (PSDB-SP) foi tomada "com base em análises, e não como vontade pessoal", diz a colunista Mônica Bergamo que conversou com uma pessoa da mais absoluta confiança do mineiro. Pesquisas do Vox Populi para o grupo do tucano mostram que só 4% dos que hoje votam em outros candidatos poderiam mudar para Serra caso Aécio fosse vice. Ou 0,4% do eleitorado do país.

Gafes diplomáticas de José Serra

Brasil não é Honduras

OPOSIÇÃO MUITO NERVOSA

quarta-feira, 26 de maio de 2010

• Está nervosa a pré-campanha eleitoral. Faltando cinco meses para a eleição, a mídia, os jornalistas e a oposição dão sinais de histeria. Inconformados com a divulgação de sucessivas pesquisas que indicam o crescimento da ex-ministra Dilma, a candidata do presidente Lula, eles já invocam conspirações, tramam o golpe. O PSDB/DEM está sem programa de governo, sem projetos para o país e para o povo melhores do que os do governo Lula, apresenta um candidato fabricado pela mídia de SP, o Serra do FHC. A ameaça é cada vez mais explícita: só resta a eles judicializar a eleição. Com as bênçãos da procuradora Sandra Cureau e do ministro Marco Aurélio de Mello, que já estão falando em negar o registro da candidatura para ex-ministra Dilma, não diplomar caso ela seja eleita, o TSE aplica multas e mais multas. Eles são assim mesmo, quando não levam no voto querem levar no tapetão. Será que imaginam que o povo vai assistir a tudo isso sem reação?
leia mais

Serra: é engraçadinho porque não tem discurso.

Explosão na Sabesp deixa 5 feridos em SP. José Serra finge que não viu e a imprensa abafa o caso

25 de maio de 2010

Uma explosão ocorrida hoje na tubulação da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) deixou cinco pessoas feridas na tarde desta terça-feira em São Paulo. Inicialmente, havia informações de a explosão tenha sido provocada pela perfuração da rede de gás.

"Uma rede de esgoto estava sendo escavada a uma profundidade de aproximadamente 4 metros do solo quando ocorreu a explosão. É improvável que a rede de gás tenha sido atingida, pois a tubulação da concessionária se situa a uma profundidade de 2 metros", afirma a empresa, em nota.

A explosão ocorreu por volta das 15h45,Segundo o Corpo de Bombeiros, os feridos são funcionários de uma empreiteira que faz obras para a Sabesp no local. Quatro tiveram queimaduras e o outro sofreu escoriações pelo corpo.As causas da explosão ainda não foram confirmadas. Os bombeiros não souberam informar se, durante as obras, a tubulação de gás da Comgás teria sido atingida ou se a explosão teve outra origem

Só por cima do meu cadáver

Por: Eduardo Guimarães - www.blogcidadania.com.br

Vamos chamar pelo que é esse ensaio da próxima linha de ataque da direita brasileira: tentativa de golpe contra a vontade popular. Simples assim. Com base em interpretação dúbia de leis, a direita quer fazer a Justiça Eleitoral tirar da disputa pela Presidência da República a sua principal adversária exatamente no momento em que vai ficando claro que a eleição dela é vontade da maioria do eleitorado brasileiro.

E não é porque a lei eleitoral trata os brasileiros como burros que eles são, pois todos sabemos que vantagem ilegal tem, sim, o PSDB, pois tem toda mídia, inclusive as concessões públicas de rádio e tevê, do lado dele, dizendo que Dilma “cometeu gafe”, que sua campanha “vai mal”, que ela está “empacada”, que um de seus marqueteiros é uma besta etc.

É de estranhar uma justiça eleitoral que não enxerga o abuso de poder econômico que são as propagandas do governo de São Paulo em todas as rádios e tevês durante toda a programação de todas as emissoras abertas e até fechadas à razão de pelo menos umas 10 peças publicitárias por hora, às vezes mais.
leia mais

terça-feira, 25 de maio de 2010

Serra gastou em publicidade duas vezes mais do que aplicou no Renda Cidadã

terça-feira, 25 de maio de 2010

O Governo José Serra (PSDB) gastou com propaganda e publicidade, no ano passado, fortuna equivalente a, pelo menos, duas vezes e meia o dinheiro que aplicou no principal programa estadual de transferência de renda – o Renda Cidadã.

Reportagem publicada pela Folha de São Paulo informa que os gastos reconhecidos pelo governo tucano com publicidade e propaganda somaram R$ 247,3 milhões, enquanto o orçamento do Renda Cidadã, para atender 137.300 famílias, não passou de R$ 97,4 milhões.

José Serra, segundo a reportagem, comandou o governo estadual que mais gastou com publicidade em 2009. Do total de R$ 1,69 bilhão desembolsados por todas as 27 unidades da federação, nada menos do que 20% foram gastos apenas pelo Governo Serra.

Dividida a conta das despesas publicitárias de cada governo pela população de cada unidade da federação, quem mais contribuiu para a propaganda governamental foi o povo do Distrito Federal. A exaltação publicitária do governo comandado em 2009 por José Roberto Arruda, então no DEM e hoje sem partido, sem mandato e sob investigação do Ministério Público e da Polícia Federal, custou R$ 80,56 a cada morador do Distrito Federal.

As informações são do Brasília Confidencial

Em SP, total de queixas sobre Leve Leite cresce 4.400%

São Paulo - Problemas na entrega do Programa Leve Leite a alunos da rede municipal de ensino e a falta de vagas em creches e escolas fizeram a Secretaria Municipal de Educação ocupar o primeiro lugar no ranking de reclamações da Ouvidoria Geral da Prefeitura de São Paulo no primeiro trimestre deste ano. Foram 757 queixas, 315 só sobre o Leve Leite. Nos três primeiros meses de 2009, foram sete reclamações sobre o serviço, o que significa um aumento de 4.400%.

Segundo a ouvidora-geral da capital paulista, Maria Inês Fornazaro, o aumento nas queixas ocorreu a partir do fim do ano passado por causa da mudança no sistema de entrega do leite. Atualmente, ela é feita pelos Correios.

A Secretaria de Serviços ocupa a segunda posição de reclamações, com 651. A maioria é provocada pela insatisfação com a iluminação pública (614). Maria Inês afirma que as queixas sobre o serviço têm diminuído. "Em 2007 foram 7.408 e em 2009, 2.144." Na comparação com o primeiro trimestre de 2009, a redução foi de 27,16%.

A qualidade no atendimento da Prefeitura foi alvo de 603 reclamações nos primeiros três meses deste ano, um aumento 9,84% ante as 549 no mesmo período de 2009. A maioria (103) é referente à Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura, responsável pelo atendimento telefônico 156. "As pessoas reclamam de informações erradas ou de grosseria dos atendentes", explica Maria Inês. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mídia quer alforria total para si, mas pelourinho aos sindicatos

Há vários aspectos emblemáticos nas chibatas que o jornal O Estado de S.Paulo lançou, neste domingo (23), sobre as costas do movimento sindical. Nada sobressai mais do que a hipocrisia. Em poucas palavras, o Estadão quer tratamento privilegiado e exclusivo nas relações com os Três Poderes: tudo para a grande mídia, tudo de ruim para o sindicalismo.


Por André Cintra

O centenário jornal da família Mesquita cobra alforria total para a imprensa burguesa — nada de regulamentação, diploma para seus jornalistas, Lei da Imprensa, direito de resposta, cotas temáticas, concorrência leal com mídias públicas e independentes, etc. Em compensação, o Estadão, do alto de seus 135 anos, comporta-se como um autêntico “Velho do Restelo”, atribuindo crimes e imoralidades a tudo que envolva as entidades sindicais e suas lideranças.
leia mais

Para ‘Le Monde’, Brasil é porta-voz dentre as economias emergentes

24.maio.2010 12:54:20

Por Andrei Netto CORRESPONDENTE ESTADÃO / PARIS

A julgar pelas palavras do jornal “Le Monde”, o Brasil não para de seduzir a opinião pública da Europa. Em editorial de capa de sua edição de 25 de maio, o maior jornal da França define o país como “o porta-voz das economias emergentes”, elogia companhias como Embraer e Petrobrás e diz que o Brasil está às portas de seus “trinta anos gloriosos”. Não bastasse, diz que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser candidato à secretaria-geral das Nações Unidas em 2012.

O editorial, intitulado “O Brasil de Lula em todos os fronts”, analisa a onipresença da política externa do país. Segundo o diário, “O mundo murmura as declarações do presidente brasileiro e os feitos importantes não apenas futebolísticos de seus cidadãos”. “Le Monde” lembra recentes pronunciamentos do presidente em sua passagem pela Europa, quando criticou a lentidão da Alemanha e socorrer a Grécia e em dissipar as dúvidas que pairam sobre a solidez financeira da União Europeia. E destaca ainda a disposição de Brasília em intervir – ou, ao menos, opinar – em frentes diplomáticas controversas, como o conflito entre Israel e Palestina, o programa nuclear iraniano e as divergências entre Argentina e Reino Unido sobre as ilhas Malvinas.

“O ‘homem mais popular do mundo’, segundo Barack Obama, não se apoia apenas sobre seu carisma para falar alto e forte. Ele encarna um Brasil em plena forma que, após um crescimento nulo devido à crise, está nos calcanhares da China e da Índia em termos de crescimento”, diz o jornal. Além de empresas como Petrobras, Vale e Embraer, citadas como exemplos da capacidade da indústria, o periódico chama o Brasil de “celeiro do mundo” e destaca a produção de soja, açúcar, etanol, café, frutas, algodão e frangos, que fazem do país “um concorrente temido aos olhos dos produtores europeus”.

Segundo o editorial, o Brasil teria tomado consciência de seu potencial econômico em 2008, quando o mundo mergulhou na crise do sistema financeiro. “É o Brasil, brilhantemente representado por seu ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, que pressiona mais forte por uma conclusão das negociações da Rodada de Doha. Em comparação, os Estados Unidos parecem paralisados em um protecionismo de outro tempo”, derrama-se o texto.

Mas é ao comparar o Brasil com outros BRICs que o tom é mais elogioso. “Menos temido que a China ou a Índia, com seus bilhões de habitantes, melhor considerado que uma Rússia tributária de suas matérias-primas, o Brasil é o verdadeiro porta-voz destas economias emergentes que puxam o crescimento mundial”, diz o editorialista, para quem o eixo econômico do mundo “se desloca para o Sul”.

O jornal comenta ainda a briga do Brasil por mais influência no Fundo Monetário Internacional (FMI) e no Banco Mundial. E destaca a reivindicação de um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, instituição que Lula, aos 65 anos, poderia tentar liderar em uma futura eleição ao cargo de secretário-geral, em 2012, segundo especula a publicação. “Não acabamos de ouvir o ex-metalúrgico, amigo das favelas e dos investidores. Não acabamos de ouvir falar de um Brasil na aurora de seus trinta anos gloriosos”, diz o Monde, em referência à época em que o crescimento econômico e os avanços sociais foram mais fortes na França, logo após a 2a Guerra Mundial.

Além do editorial, o Monde publica também uma reportagem sobre a tentativa do governo brasileiro de controlar o nível de crescimento, citando dados do Banco Central – que indicaram, na semana passada, um incremento do Produto Interno Bruto (PIB) de 9,85% no primeiro trimestre do ano. Apesar das palavras positivas, Le Monde nem sempre é generoso com o Brasil. Na semana passada, o jornal classificou de “ingênua” a postura do Itamaraty na tentativa de mediar, ao lado da Turquia, o acordo sobre o programa nuclear do Irã.

NOBEL DA PAZ PARA LULA

Nair Pena Neto - Direto da Redação

O prêmio Nobel tem uma ótima oportunidade de se redimir da escolha no mínimo polêmica do ano passado, quando entregou o Nobel da Paz a Barack Obama, e conferi-lo esse ano ao presidente Lula por seus esforços e determinação em evitar sanções ao Irã e que o mundo se encaminhasse para mais um conflito de conseqüências imprevisíveis.

Não se trata de ufanismo ou patriotada. O Nobel da Paz é atribuído à pessoa ou instituição que “tiver feito a maior ou melhor ação pela fraternidade entre as nações, pela abolição e redução dos esforços de guerra e pela manutenção e promoção de tratados de paz".

Ano passado, Obama recebeu o prêmio pelos “esforços para reforçar o papel da diplomacia internacional e a cooperação entre os povos”. Sua escolha foi muito criticada pelo seu pouco tempo na presidência dos Estados Unidos e pelo país estar envolvido em duas guerras, no Iraque e no Afeganistão. Pouco antes de receber o prêmio, Obama autorizara o envio de mais 30 mil soldados para o Afeganistão. O presidente norte-americano buscou justificar o paradoxo defendendo a guerra como instrumento de paz.

Lula fez algo de muito mais concreto pela paz, sem nenhuma atitude belicista. Quando os governos ocidentais pareciam céticos sobre as intenções do programa nuclear do Irã, e os EUA e alguns países europeus pressionavam por novas sanções, ele empenhou seu prestígio, enfrentou todas as desconfianças e críticas e foi a Teerã com uma proposta objetiva para solucionar o conflito.

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, que recebeu Lula a caminho da capital iraniana e deu seu aval à missão, comentou que a visita de Lula a Teerã era “a última oportunidade” de uma solução negociada sem o recurso às sanções. O tempo corria contra a paz em um processo que se assemelhava muito ao vivido em relação ao Iraque e que terminou em guerra, ainda infinda.

Lula trouxe de Teerã o compromisso iraniano de enviar urânio de baixo enriquecimento para a Turquia, onde seria enriquecido e devolvido ao país para fins pacíficos. Todos os pontos considerados essenciais pela comunidade internacional foram contemplados no acordo, que recebeu o apoio de China e França.

Sem a má vontade da Casa Branca, a crise está resolvida. Os Estados Unidos continuam pressionando o Conselho de Segurança da ONU por sanções como se nenhum acordo tivesse sido obtido. Mesmo que consigam impor alguma medida, isso não encerrará o mérito das gestões levadas a cabo por Lula.

O presidente brasileiro se consagrou esse ano como grande líder global, recebendo da ONU o prêmio “Campeão Mundial na Luta contra a Fome”, do Programa Mundial de Alimentos (PMA). Em Davos, no início do ano, foi homenageado com o título “Estadista Global” e a revista Time o elegeu o líder mais influente do mundo.

Lula é reconhecido e festejado no mundo todo, com exceção da grande imprensa brasileira, e não há nenhum episódio este ano da mesma magnitude que seu papel no acordo com o Irã para merecer o Nobel da Paz.

Para Leonardo Boff, mundo vive crise de ética

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

São Paulo - Mais do que uma crise econômica, o mundo vive uma crise ética que remete a uma questão de valores e de definição do rumo que o Planeta precisa traçar em direção ao futuro, afirmou o professor Leonardo Boff, durante palestra no 14º Congresso de Direito Ambiental dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola, hoje (24), em São Paulo.

“Chegamos a um momento da história em que mais do que nunca devemos colocar de forma radical a questão ética, que é mais do que princípios e valores e sim um conjunto de ensaios que os seres humanos fazem buscando o bem comum de todos, mas de toda comunidade viva, porque não estamos sozinhos, não somos os únicos a usar a biosfera, os animais, as plantas precisam desse entorno para viver e nós que pensamos somos os responsáveis por esse cuidado”.
leia mais

TV Brasil Internacional: a cara do Brasil no exterior

O lançamento da TV Brasil Internacional é a realização de um sonho por permitir mostrar ao mundo a grandeza do Brasil e a qualidade do seu povo, e não apenas os piores momentos do País como muitas vezes ocorre nas TVs comerciais, afirmou o presidente Lula durante a cerimônia realizada nesta segunda-feira (24/5) no Palácio Itamaraty, em Brasília. E o início das transmissões dos programas da TV Brasil para o exterior é mais um passo para provar que é possível fazer uma TV pública de qualidade e republicana, “que não seja nem ‘chapa branca’ mas que também não seja oposição a priori”, afirmou Lula. “Nós queremos uma TV pública que possa mostrar o Brasil lá fora como ele é.”
leia mais

BBC leva ao ar série em inglês sobre ascensão do Brasil


Brasil é tema de série de reportagens em inglês da BBC

A rápida recuperação do Brasil após a crise financeira internacional, o crescimento econômico e a ascensão do país no cenário global são temas de uma série de reportagens especiais que a BBC leva ao ar nesta semana em seu canal internacional de notícias, BBC World News, e no site de notícias em inglês BBC News.

As reportagens, transmitidas em inglês, devem abordar temas que vão da economia à cultura, passando pelo futebol e questões como a violência e a discussão sobre cotas raciais.

Os programas de transferência de renda do governo, como o Bolsa Família, e as críticas a este tipo de assistência serão abordados em uma das reportagens, assim como o problema do turismo sexual no país.

Outra reportagem discutirá a modernização da agricultura e a ascensão do Brasil como um grande exportador de alimentos.

O crescimento do setor aéreo brasileiro, assim como os gargalos que impedem uma maior expansão serão tema de outra matéria da série, assim como a ascensão de uma nova classe média no país.

Na quinta-feira, o âncora da BBC Matt Frei apresentará o programa BBC World News America ao vivo, direto de São Paulo. Ele deve apresentar reportagens sobre a ascensão do Brasil como um ator global e os desafios que o país ainda precisa superar.

Frei estará novamente ao vivo na sexta-feira, transmitindo a partir do Rio de Janeiro. Neste programa, um dos temas abordados deve ser o impacto do crescimento econômico no futebol, e a volta de jogadores brasileiros que jogavam no exterior.

O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 20h, horário de Brasília.

Leia abaixo as reportagens em inglês que já foram publicadas como parte da série.

-Clique Viewpoint: Brazil's growing international presence ('Ponto de vista: A crescente presença internacional do Brasil')

- Clique Brazil's air industry takes off ('Indústria aérea brasileira decola')

Simpatizantes de Serra afirma que votará 'com certeza' no candidato apoiado pelo presidente Lula

24 de maio de 2010

A casa tá caindo!

Quase um quarto dos eleitores de José Serra (PSDB) manifestou um comportamento dúbio e paradoxal na última pesquisa Datafolha: eles também afirmaram que votarão “com certeza” no candidato apoiado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesse contingente há brasileiros que dizem ignorar a opção eleitoral de Lula, mas também os que estão convictos de que o presidente apoia Serra. Quase um décimo dos eleitores do tucano pensa assim.

Menos da metade dos serristas afirma que não votaria em um candidato apoiado por Lula. Outros 26% dizem que talvez o façam, e 23% anunciam que seguirão “com certeza” a opção de voto do presidente.

Os eleitores com “duas caras” são cerca de 11,5 milhões. Até a eleição, eles terão de se posicionar de maneira coerente: ou abandonarão o barco lulista ou votarão na pessoa efetivamente apoiada pelo presidente, conforme sua intenção declarada.

O eleitorado de Dilma é menos heterogêneo: 76% dele afirma que votará no candidato de Lula e 17% diz que “talvez” o faça. Mas no grupo dilmista o paradoxo também se manifesta: 5% de seus simpatizantes afirmam que não votariam em um candidato apoiado pelo presidente.

Esses dados mostram que os resultados das pesquisas ainda podem oscilar muito até a campanha eleitoral avançar e entrar no cotidiano da população, com a consequente queda da desinformação sobre os candidatos.

Essa desinformação se distribui de forma desigual no eleitorado. É maior entre as mulheres, entre os mais pobres e entre os moradores do Nordeste. Na região, 59% dos eleitores dizem que pretendem votar no candidato de Lula, mas 41% ignoram que Dilma ocupa esse papel.
Televisão. Na semana passada, o PT aproveitou a propaganda partidária a que tinha direito para fazer campanha para Dilma. Em inserções de 30 segundos e em dez minutos de programa em rede nacional, o partido associou a pré-candidata a Lula e a programas sociais do governo.

A ofensiva propagandística fez efeito, como demonstrou a ascensão da petista no Datafolha – de uma desvantagem de 12 pontos porcentuais em abril, ela passou para uma situação de empate com Serra, ambos com 37% das intenções de voto. O programa, porém, foi menos assistido justamente nos bolsões em que há mais desinformação sobre a relação entre Lula e Dilma.

No Nordeste, por exemplo, 67% dos moradores negaram ter visto propaganda de Dilma nos 30 dias anteriores à pesquisa. Nas demais regiões, esse índice variou entre 60% e 62%.

Entre os eleitores com renda de até dois salários mínimos – dos quais 37% não sabem quem é o candidato de Lula –, apenas 33% assistiram à propaganda de Dilma. Entre os que ganham mais de dez salários mínimos, 61% viram a candidata na TV.

No grupo que viu a propaganda. Dilma tem 45% das intenções de voto, contra 33% para Serra. Na parcela do eleitorado que não assistiu ao programa petista, é o tucano quem lidera, por 38% a 33%.Estado

segunda-feira, 24 de maio de 2010

É esse o vice do Serra?

Eleições para o ConCidade tem inscrição até sexta

24/05/2010 - PARTICIPAÇÃO POPULAR
Por: Redação

Conselho de S. Bernardo reúne movimentos sociais, sindicatos e entidades acadêmicas e de pesquisa

São Bernardo está em meio ao processo eleitoral para a implantação do ConCidade, um conselho municipal criado para permitir a participação da sociedade civil, juntamente com o Poder Público, nos rumos da política urbana do município. As inscrições podem ser feitas até a próxima sexta-feira (28/05) para o preenchimento das 20 vagas de representante da sociedade civil e respectivos suplentes que integrarão o Conselho Municipal da Cidade e do Meio Ambiente de São Bernardo (ConCidade). O órgão, de natureza consultiva e deliberativa, irá debater as questões relacionadas à habitação, saneamento, transporte, desenvolvimento urbano e meio ambiente.

Entidades como movimentos sociais, entidades profissionais, acadêmicas e de pesquisa, bem como sindicatos de trabalhadores e entidades empresariais, têm vagas no Conselho. Poderão participar do procedimento eleitoral somente entidades que tenham sede em São Bernardo ou que desenvolvam suas atividades na cidade.

Os interessados em participar do processo eleitoral, seja na condição de candidatos ao Conselho ou na condição de votantes, deverão protocolar as inscrições das 9h às 17h, no Departamento de Planejamento Urbano os seguintes documentos: Requerimento de inscrição indicando seu representante titular e respectivo substituto; estatuto da entidade e declaração de atuação no município. As eleições ocorrerão no dia 13/7, às 19h, no Centro de Referência ao Idoso (CRI), na avenida Redenção, 221, Centro.

A entidade eleita deverá indicar os representantes (titular e suplente) no Conselho até 20 de julho e a posse ocorrerá no dia 5 de agosto. Os membros cumprirão mandato com duração de dois anos, não sendo permitido aos representantes da sociedade civil mais de dois mandatos consecutivos.

Serão eleitos dez representantes de entidades de movimentos populares; quatro de entidades empresariais, sendo pelo menos uma delas ligada à área de habitação e uma ligada à área de transporte; três de entidades ambientalistas; dois de entidades sindicais de trabalhadores e um representante de entidade acadêmica, profissional ou de pesquisa.

O Departamento de Planejamento Urbano fica na Praça Samuel Sabatini, 50 – Centro 7º andar, Paço Municipal.

Encontro Estadual de Mulheres debaterá programa de governo feminista para Mercadante e Marta

Por Imprensa PT-SP
Segunda-feira, 24 de maio de 2010

A expectativa é de que o programa considere o acúmulo do partido e dos movimentos sociais sobre o tema

No dia 30 de maio, as mulheres do PT discutirão em Encontro Estadual a construção de um programa de governo que priorize as demandas feministas. A atividade será no Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, das 9 às 18 horas.

A expectativa é de que o programa considere o acúmulo do partido e dos movimentos sociais sobre o tema. O objetivo é avançar na pauta de igualdade de gênero, além de eleger delegadas ao encontro nacional que acontecerá em Brasília nos dias 11 e 12 de junho.

Na pauta o balanço de políticas públicas do governo Federal e Estadual com participação da Secretaria Especial de Política para Mulheres; apresentação das diretrizes gerais de plano de governo estadual 2010; indicação de 13 ações importantes e definição de 4 eixos para o programa de governo de Mercadante e Marta

Dilma é o Caminho; Serra é...


Marinho participa de aula magna na Universidade Federal do ABC

Kelly Santos
da redação

Na tarde desta segunda-feira (24/5), o prefeito de São Bernardo do Campo participou da abertura da aula magna na Universidade Federal do ABC (UFABC) de São Bernardo. A primeira aula contou com a palestra do professor doutor Adalberto Fazzio, ex-reitor da UFABC que teve como tema Educação para Exercer a Cidadania. A aula magna marca o início das atividades da universidade no município.
leia mais

VI Congresso Paulista de Participação Popular será realizado no Cenforpe

Vanessa Oliveira
da redação

São Bernardo do Campo sedia nos dias 28, 29 e 30 de maio o VI Congresso Paulista de Participação Popular, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), no Bairro Planalto. Realizado com o apoio da Administração, o evento é organizado pelo Fórum Paulista de Participação Popular, integrado por movimentos e organizações da sociedade civil, mandatos parlamentares e prefeituras. As inscrições estão abertas até a próxima quarta-feira (26/5) neste site, no link VI Congresso Paulista de Participação Popular.
leia mais

TSE absolve Sindicato em ação dos tucanos

O presidente do Sindicato, Sérgio Nobre, afirmou que entidade não se intimidará com esse tipo de ação, como não se intimidou em outros momentos da história

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu o Sindicato da ação movida pelo PSDB, que acusou a entidade e as centrais sindicais de propaganda eleitoral antecipada.

O processo foi movido pelos tucanos em razão do evento que reuniu no dia 10 de abril, na Sede, as centrais, o presidente Lula e a ex-ministra Dilma Rousseff, entre outras personalidades, para debater estudo do Dieese sobre emprego e qualificação profissional.

Na mesma sentença, emitida sexta-feira, o ministro do TSE Henrique Neves, absolveu também as centrais sindicais.

Liberdade assegurada
Em seu despacho, o ministro disse que “direito de reunião é direito público, pois não há liberdade nas reuniões sem que os participantes possam discutir. Direito de reunião compreende não só o direito de organizá-la e convocá-la, como o de total participação”.

Ele finalizou enfatizando que “a pretensão do PSDB não confronta os princípios constitucionais de reunião e de liberdade de expressão”.

Confronto
Para Sérgio Nobre, presidente do Sindicato, a entidade não se intimidará com esse tipo de ação, assim como não se intimidou em outros momentos da história, nem mesmo diante da violência da ditadura militar.

“Não aceitaremos que o PSDB e nenhum outro partido impeça os trabalhadores e seus representantes, legitimamente eleitos, de reunir-se, emitir opiniões e participar das decisões sobre os rumos deste País”, frisou.

Segundo ele, a ação dos tucanos é mais um lance das elites políticas para a criminalização dos movimentos sociais e sindicais.

“Política se discute no campo das idéias e não perante o Poder Judiciário”, comentou Sérgio Nobre.

Trabalhadores na BASF Demarchi aprovam redução da jornada de 42h para 36h27min

Conquista histórica
Escrito por Sindicato dos Químicos do ABC
24/05/2010

Os trabalhadores da BASF Demarchi, em assembléia realizada no início da tarde desta segunda-feira (24), aprovaram proposta de acordo de redução de jornada de 42h para 36h27min.

Com esse acordo, a maioria dos cerca de 1.300 trabalhadores da produção de São Bernardo do Campo passam a trabalhar no sistema 6x3, o que irá gerar mais 100 postos de trabalho diretos e indiretos, em curto prazo, além das promoções que irão acontecer com a mudança.

O acordo inclui os setores Fábrica 1 e Suvinil, incluindo produção, laboratório e logística, que se juntarão com os da Resina e da Segurança Patrimonial que já conquistaram a redução de jornada.

Na avaliação do Sindicato dos Químicos do ABC e da Comissão de Fábrica, trata-se de um acordo histórico, resultado de mobilização e união dos trabalhadores.

“Hoje os trabalhadores na BASF Demarchi comemoram mais um grande vitória, uma vitória histórica de redução de jornada. O que significa uma vida com mais qualidade para todos, uma vida sem hora-extra. Significa também o justo retorno da produtividade acumulada pela empresa nos últimos anos e a geração de cem novos postos de trabalho”, comentou o diretor da CNQ-CUT, do sindicato e trabalhador na BASF Demarchi, Fábio Lins.

A assembléia terminou em clima de festa. Na mesma assembléia, os trabalhadores aprovaram o novo acordo de Programa de Participação nos Resultados (PPR 2010) que, se atingidas as metas, pode pagar até 3.8 salários para cada trabalhador.

A Marina é traíra ou trouxa?

domingo, 23 de maio de 2010

O elevador de 2010

São Bernardo sedia Plenária Estadual de Saúde Mental

Conferência
Publicação:22/5/2010
Ana Carolina Martins - da redação

São Bernardo do Campo sediou neste sábado (22/5), a etapa estadual da Conferência Nacional de Saúde Mental Intersetorial, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe). O prefeito fez a abertura do evento, que reuniu cerca de 900 delegados de 102 municípios. A plenária tem como objetivo encaminhar propostas e eleger 188 delegados para a IV Conferência Nacional, marcada para o período de 27 de junho a 1º de julho, em Brasília.
leia mais

Eleições 2010: Plataforma da CUT

Eleições 2010
Escrito por CUT Nacional

Lançada oficialmente no dia 1º de maio, a Plataforma da CUT para as Eleições 2010 é resultado de um ciclo de debates e reflexões, iniciado em 2005, para a conformação de uma estratégia mais articulada da CUT no enfrentamento dos grandes temas nacionais e do seu posicionamento diante da sociedade.

Com a Plataforma lançada, a CUT e suas entidades orgânicas e filiadas têm agora o compromisso de divulgá-la e de promover seus valores para o maior número possível de pessoas, além de usá-la permanentemente como instrumento de pressão e cobrança sobre os candidatos e candidatas e, posteriormente, sobre os eleitos pelo voto popular.
leia mais

É pura simpatia

sábado, 22 de maio de 2010

CUT, UNE e MST e mais 25 entidades


Escrito por Leonardo Severo - 21/05/2010

Movimentos sociais e populares convocam assembleia para o dia 31 de maio em São Paulo


A Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS) convocou para o próximo dia 31 de maio, na quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo, uma assembleia das 28 entidades que a integram, com a participação de dois mil representantes de todo o país.

Delegações de inúmeros estados da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da União Nacional dos Estudantes (UNE), do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e da Marcha Mundial das Mulheres já confirmaram presença, inclusive com vários ônibus de estados distantes, como o Ceará e o Pará. O evento antecede a Assembleia da Conferência Nacional da Classe Trabalhadora, que ocorre no dia 1º de junho, no Estádio do Pacaembu.
leia mais

Pré-sal pra Educação: ato vitorioso em Brasília

Em mais um grandioso ato do movimento estudantil, 5 mil pessoas tomaram a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para reivindicar os 50% do Fundo Social do Pré-sal para a Educação.

Thiago (UNE-DF), Augusto Chagas (UNE), Yann Evanovick (UBES)

“Em ato emocionante, mostramos a combatividade do movimento estudantil. Trouxemos de volta pauta de interesse nacional”, disse Augusto Chagas, presidente da UNE. "A juventude brasileira mostrou que não abre mão dos 50% do Fundo Social do pré-sal", afirmou o presidente da UBES, Yann Evanovick.

Dando continuidade à Jornada de Lutas de 2010, o movimento estudantil, liderado por representantes da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), União nacional dos Estudantes (UNE) e pela Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG) novamente deu o seu recado. Na manhã desta quinta-feira, 20, cerca de 5 mil pessoas tomaram a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para reafirmar o desejo dos jovens em todo o Brasil: a destinação de 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-sal para a Educação.

Com a finalidade de cada vez mais fortalecer o movimento junto aos Senadores, os estudantes protagonizaram momentos de muita alegria em um dos atos mais emocionantes da jornada desse ano. Os estudantes se concentraram em frente ao Museu Nacional Honestino Guimarães e partiram em passeata até o Congresso Nacional.

Na linha de frente da manifestação, jovens trouxeram baterias que embalaram gritos de “o pré-sal é nosso”, enquanto, em frente à Esplanada dos Ministérios, balões verde e amarelo pintou o céu azul da capita do Brasil. Lá, todos cantaram o hino nacional brasileiro. Lideranças estudantis de vários estados também participaram do ato.

“A juventude brasileira mostrou que não abre mão dos 50% doFundo Social do Pré-sal para a Educação”, comemorou Yann Evanovick, presidente da UBES. Augusto Chagas, presidente da UNE, considerou o ato de grande valor para legitimar o desejo dos jovens brasileiros junto aos senadores.

A tendência é que a proposta seja aprovada no senado. "A expectativa é muito positiva”, revelou Chagas, antecipando que as belas cenas de hoje devem se repetir em breve. Os estudantes voltarão ao Congresso em 8 de junho, quando os projetos irão finalmente a plenário.

Da Redação.

REJEIÇÃO À SERRA EXPLODE: DA-LHE DILMA !

PESQUISA ESPONTANEA: DA-LHE DILMA !